A Jarra de Basse Yutz

Uma visita ao Museu Britânico nos leva a preservação da arte celta, através da Jarra de Basse Yutz.

A jarra foi encontrada em 1927 por escavadores durante a construção da ferrovia, na cidade de Basse Yutz. Provavelmente, eles descobriram o túmulo de um importante dignitário celta da Idade do Ferro. Pouco se sabe sobre as circunstâncias dos locais de sua descoberta, já que a sepultura foi cavada ilicitamente e sem a ajuda de arqueólogos treinados. Posteriormente, os artefatos foram vendidos para o Museu Britânico.

O artefato datado de 450 a.C., início do período La Tène, foi desenterrado em Moselle, leste da França. Feito de liga de cobre, coral, vidro e resina, possivelmente, para decorar a mesa de um grande chefe tribal.


Ricamente decorada com incrustações de vidro e coral e uma variedade de animais na tampa. O tempo desbotou o coral, mas a peça teria sido toda colorida. A jarra mede pouco mais de 40 cm de altura e foi utilizada para misturar o vinho, atestando a influência cultural obtida no comércio do Mediterrâneo.

O cabo tem a forma de um cão, terminando na parte inferior com um rosto humano. A ideia de um animal como alça vem da cultura grega e etrusca. O pato no bico é uma adição celta ao esquema. Os olhos do pato e dos cães foram finalizados com uma broca complexa e perfurados pela mesma pessoa.

Além do estanho na liga do metal que teria vindo da Cornualha, a jarra de Basse Yutz mostra também que as suas comunidades tinham laços comerciais com as áreas mais distantes da Europa.

Leia mais a respeito: Basse Yutz Flagons
Crédito das imagens: The British Museum.

Rowena A. Senėwėen ®
Pesquisadora da Cultura Celta e do Druidismo.

Website:
www.templodeavalon.com
Brumas do Tempo:
www.brumasdotempo.blogspot.com
Três Reinos Celtas:
www.tresreinosceltas.blogspot.com

Direitos Autorais

A violação de direitos autorais é crime: Lei Federal n° 9.610, de 19.02.98. Ao compartilhar um artigo, cite a fonte e o autor. Todos os direitos reservados ao site Templo de Avalon : Caer Siddi e seus respectivos autores. Referências bibliográficas e sites consultados na pesquisa dos textos, clique aqui.

"Três velas que iluminam a escuridão:
Verdade, Natureza e Conhecimento." Tríade irlandesa.