Rowena Aranrot

"O meu fim é o meu começo."

Publicações do autor

Bríg Ambue e os Campos de Batalha

A Senhora do fogo, da cura e da poesia, celebrada no Festival de Imbolc, possui também um lado sombrio que proclama a justiça através da poesia. A sua força ancestral é tão intensa quanto as demais Deusas que representam a soberania da terra e da guerra, protegendo-nos da maldade e da destruição. Ao contrário do …

Continue lendo

Energias telúricas: dos celtas aos dias atuais

Envoltos numa aura de mistério, poder e magia, os celtas despertam um grande fascínio sobre nós através de seus antigos símbolos perdidos no tempo, da arte e dos mitos, onde espirais e círculos sagrados vibram intensamente até os dias de hoje, com tamanha vivacidade, que chega a ser surreal. Os antigos montes de Newgrange, Knowth, …

Continue lendo

Xamanismo Moderno

O animismo é muito provavelmente a mais antiga disciplina espiritual conhecida do mundo. Traços visíveis de suas práticas podem ser encontrados na Austrália, nas Américas, na Sibéria e em partes da Europa, remontando à aurora da história. Pinturas rupestres, antigas pedras entalhadas e conchas decoradas, de sítios arqueológicos tão distantes entre si como a Escócia, …

Continue lendo

Os Xamãs: Origem

A palavra “xamã” é de origem russa (saman), termo usado pelos tungues do nordeste da Sibéria e que passou a ser empregado na terminologia científica nas línguas europeias. Deve-se fazer uma distinção, entre as religiões dominadas por uma ideologia xamanista e o sistema que constitui o animismo, como descreve o mitólogo Mircea Eliade. Deste modo, …

Continue lendo

O Animal de Poder

Arquetipicamente, o animal de poder ou totêmico, pode permanecer consigo por toda a sua vida ou ao menos por um longo período, podendo contar com diferentes símbolos deste poder anímico em tempos distintos. Eles são semelhantes ao totem, mas tendem a ser convidados em algumas situações especiais, como durante uma crise ou se um determinado …

Continue lendo

Limpeza Xamânica

As limpezas “xamânicas” têm por objetivo “limpar”, purificar, renovar e equilibrar o nosso corpo físico, mental e espiritual, bem como, o ambiente e o local onde serão feitas, conectando-nos aos planos mais sutis. Essa técnica, baseada nas crenças animistas, divide-se em quatro etapas: 1.Preparação 2.Purificação 3.Consagração 4.Preservação Preparação: Você deve ter uma intenção clara. – …

Continue lendo

Símbolos Celtas – 1ª parte

Os símbolos são emblemas, sinais ou figuras que naturalmente evocam uma aura de mistério e magia. Muitos dos símbolos que hoje conhecemos, são traduções de sinais perdidos no tempo, muitas vezes baseados em suposições e analogias. Apesar de todas as descobertas de arqueólogos e antropólogos, ainda é difícil saber realmente a diferença entre o fato …

Continue lendo

Símbolos Celtas – 2ª parte

Caminhando pelo mundo mágico dos símbolos e seus significados, podemos dizer, que de um modo geral, os símbolos celtas estão associados às espirais da vida e ao número três, supostamente, tido como sagrado na cultura celta. “Para os celtas, o número três era o número mágico por excelência, o que expressava sua visão do mundo. …

Continue lendo