Nosso Objetivo

Avalon uma inspiração, que em 29/09/2006, colocou-se como pedra fundamental na Internet, o site Templo de Avalon : Caer Siddi. Este espaço virtual é uma devoção pessoal e o fruto da parceria com pessoas maravilhosas, que diretamente ou indiretamente fizeram e ainda fazem parte desta jornada. Bem como Mario Lugh Andrade que contribui com as correções ortográficas dos textos e na administração do site.

O nosso objetivo é resgatar o conhecimento que nos foi deixado, tanto ancestral como aqueles traduzidos graficamente através do tempo, regatando também o que está gravado dentro de cada ser. Além do estudo e da busca aos valores da verdade, do bem e do belo por meio dos mitos e das lendas celtas, da espiritualidade dos druidas e de outras culturas indo-europeias afins.

Os artigos do site Templo de Avalon estão relacionados à Mitologia Céltica e ao Paganismo Celta, que se refere ao Druidismo e o Reconstrucionismo Celta, voltado mais à tradição galesa e irlandesa. Como também os mitos anteriores à cristianização, até mais ou menos o século XII d.C. e com uma predileção às culturas que interagiram com esses povos.

Ressaltamos que o Caer Siddi é um grupo de estudos e vivências, voltado ao Druidismo moderno com embasamento histórico e reconstrucionista, sendo assim, não damos cursos de “formação” e nem fazemos “iniciações”, apenas compartilhamos o conhecimento. Portanto, dentro deste contexto, buscamos incentivar e inspirar a transformação, o crescimento pessoal bem como despertar a alma à reencontrar a sua verdadeira essência.

Dedicamos este site aos nossos filhos, amigos e familiares, em especial aos Seres Sagrados, que conduzem as nossas vidas pelos caminhos da magia e da sabedoria. Principalmente, àqueles que acreditam que a lenda é apenas uma realidade encoberta pelas brumas da ilusão.

“A arte é a poesia da alma.” – John O’Donohue.
Céad mile fáilte!

Rowena A. Senėwėen

Valéria Rowena, formada em Educação Física pela Faculdade Fefisa de Santo André, SP. Especialização em Condicionamento Físico e Biodança. Curso livre em História Antiga, Mitos e Símbolos. Escritora e oraculista. Busca fluidez na natureza como fonte de inspiração para os estudos no paganismo desde 1999. A partir de 2004 começou a vivenciar o Druidismo moderno sob uma ótica reconstrucionista e histórica. É afiliada à ordem druídica ADF e ao treinamento The Summerlands Druid Seminary. Reside em Itu, SP e faz atendimento online e presencial no Espaço Infinite. Realiza palestras sobre a cultura celta e incentiva a prática da meditação como forma de autoconhecimento. Idealizadora do site Templo de Avalon : Caer Sidd e do grupo Fidnemėd an Síd. Integrante do CBDRC. Autora do livro Brumas do Tempo, co-autora do projeto Alma Celta, do conceito de mentoria oracular Anam Mór ® e do Portal de Cursos.

“Meu fim é o meu começo.”

Rowena Ferch Aranrot

Nossa Inspiração

A jornada mítica se inicia na busca interior dos segredos adormecidos dentro de nós. A mente é o começo, as atitudes o objetivo final e a percepção, que vai além da lenda e do mito, elementos essenciais que nos conduzem à sabedoria e ao conhecimento.

Por entre fontes clássicas e acadêmicas, o nosso propósito é resgatar a espiritualidade dos druidas, através do estudo da História Antiga, Mitologia, Antropologia e Arqueologia, sob uma ótica Reconstrucionista, anterior a cristianização, relacionados ao Druidismo e a Cultura Céltica.

Estamos cientes que durante a busca destes ideais e do constante foco investigativo da pesquisa, temos o direito de mudar e alterar os textos do site, sempre que for necessário, para que estejam condizentes o máximo possível ao contexto histórico e arqueológico, tomando como base de estudos, principalmente, os mitos irlandeses e galeses, bem como o uso da mitologia comparativa.

O Druidismo moderno emerge das sombras à luz da inspiração!

Avalon é conhecida como a ilha das maçãs, o Outro Mundo, a ilha feérica que conecta o mundo profano ao mundo divino. Uma analogia aos arquétipos arthurianos que facilitam o nosso caminhar rumo aos Deuses, juntamente com o ciclo da natureza que percorre as estações do ano, concluindo assim, a eterna trajetória de vida, morte e renascimento.

Apesar das controvérsias entre fato e ficção, rudes guerreiros dos contos célticos são transformados em nobres cavaleiros e as heroicas buscas de testemunhos druídicos tornam-se aliados a força do mito e da lenda, ajudando-nos a divulgar o nosso Druidismo com seriedade e bom-senso. Miticamente, a colina do Tor, em Glastonbury, representa o Annwn, a entrada do Submundo galês ao Outro Mundo, conhecido também como Caer Siddi, Ynys Afallach ou Avalon, a Terra do Eterno Verão. A Tir na nÓg dos irlandeses, cantada em verso e prosa por bardos, poetas e trovadores medievais.

Então, que a poesia e o poder do bosque sagrado renovem as energias e reavive a esperança outrora perdida nos corações, não como uma lenda morta, mas sim como um ideal vivo. A magia está nas possibilidades ao intuir qual o melhor caminho de volta para a casa. Peço que as brumas do tempo deem passagem ao saber dos antigos deuses, antepassados e espíritos da natureza. Abençoados por Céu, Terra e Mar!

Círculos de Pedra

Somente a essência transcende o tempo linear,
Rumo à sabedoria da verdadeira fonte espiritual
Adormecida nos grandes círculos de pedra
Vibração da alma espiral
Clama a chama dos antigos ancestrais
Percorrendo as águas claras além-mar,
Aporta nesse momento presente
Para mais uma vez despertar,
Heróis outrora perdidos na memória
Daqueles que ousaram calar
E que por muitos se fizeram lembrar
Nobres sentimentos venham agora revelar,
Os segredos do visco consagrado
Abençoados pelo céu, a terra e o mar…
Resgatando o eterno ciclo sagrado
Onde a vida sempre sobrepõe à morte.

Rowena A. Senėwėen ®

Extraído do livro Brumas do Tempo
Todos os direitos reservados.

"Três velas que iluminam a escuridão:
Verdade, Natureza e Conhecimento." Tríade irlandesa.

Direitos Autorais


A violação de direitos autorais é crime: Lei Federal n° 9.610, de 19.02.98. Todos os direitos reservados ao site Templo de Avalon : Caer Siddi e seus respectivos autores. Ao compartilhar um artigo, cite a fonte e o autor. Referências bibliográficas e sites consultados na pesquisa dos textos, clique aqui.