Oráculos & Mitos

A palavra Oráculo vem do latim "oraculum", a partir do verbo "orare" e deu origem à palavra oração, derivado do vocábulo "oratiom". Por sua vez, na Antiga Grécia haviam locais onde os sacerdotes e as pitonisas buscavam respostas dos Deuses às perguntas que lhes eram formuladas através da transcendência dos oráculos. O mais famoso oráculo da Grécia foi o de Delfos e, segundo a tradição grega, pertencia à Gaia, a Mãe Terra, que passou o dom da profecia a Apolo.

Os dons oraculares estão presentes em várias culturas e os contos célticos afirmam isso, sejam em relatos históricos, mitos locais e até mesmo no folclore gaélico, repleto de referências sobre os dons sobrenaturais aos quais denominaram "Segunda Visão" ou "A Visão". O vidente simplesmente via e captava as imagens em sua mente, prevendo os acontecimentos futuros e traduzindo-os com sabedoria ao consulente.

Na mitologia céltica, a palavra irlandesa "Imbas" (Imas) significa “a visão que ilumina”; para os galeses a palavra "Awen" quer dizer "a inspiração que flui" e os inspirados ou "Awenyddion" que se refere àqueles que receberam este conhecimento através da inspiração ou do contato com o Outro Mundo. É um dom concedido a poucos e que requer muita responsabilidade, segundo afirma a professora e arqueóloga Dra. Anne Ross.

Os Oráculos indicam probabilidades e potenciais que melhor se adequam ao seu momento atual. Lembrando que toda previsão estará sujeita a alterações e dependerá da pessoa seguir ou não as orientações dadas durante a consulta. Nada na vida é fixo ou garantido. A consultoria holística pessoal através da radiestesia, da caixa radiônica e da mentoria oracular são fundamentais para avaliarmos o padrão energético de cada indivíduo.

A Radiestesia é uma antiga técnica que estuda e investiga a irradiação de energias (positivas e negativas) através de um pêndulo, auramiter e da faculdade intuitiva do terapeuta. Atua por meio de gráficos (formas geométricas), cristais, cromoterapia e do dispositivo de orgonite, auxiliando assim na harmonização e manutenção metafísica. A radiônica e a radiestesia têm várias aplicações e estão intimamente ligadas às manifestações do consciente e do inconsciente.

O Tarot é uma ferramenta terapêutica de autoconhecimento com a qual avaliamos possibilidades e soluções. Uma aventura por entre a magia dos arquétipos e da numerologia de 22 arcanos maiores e 56 arcanos menores. O deck utilizado é o “The Llewellyn Tarot” baseado no Rider-Waite que, junto aos mitos célticos, nos auxiliam na consulta da leitura energética (não é adivinhação). Tanto por meio da intuição como da percepção da aura do consulente, podemos ajudar a entender às situações vivenciadas, além de fornecer sugestões e inspirações através do Ogham (oráculo druídico), para tomada de decisões mais assertivas.

Bênçãos plenas do Céu, da Terra e do Mar!
__________________________

Referências bibliográficas:
- NICHOLSON, Francine. Land, Sea, and Sky - Coleção de artigos de vários escritores, 2003.
- NICHOLS, Sallie. Jung e o Tarô - Uma jornada arquetípica. São Paulo: Ed. Cultrix, 1980.
- RUTHERFORD, Ward. Os Druidas. São Paulo: Mercuryo, 1992.
- SIQUEIRA, Renato Guedes. Cinestesia do Saber - Radiestesia e Radiônica. SP: Ed. Roka, 1996.


Tarot & Radiestesia

Consulta de 1h: $120

Caixa Econômica: Banco 104 - Operação 013
Agência 4499 - Conta Poupança 345-7
Valéria Gonçalves (Depósito ou Pix)

Pagamento no Cartão: Loja Anam Mór ®

Vídeochamada no Whatsapp: (11) 9.7753-6809
Atendimento Presencial: Espaço Infinite

Consulta de 1h30: $150

Caixa Econômica: Banco 104 - Operação 013
Agência 4499 - Conta Poupança 345-7
Valéria Gonçalves (Depósito ou Pix)

Por: Rowena A. Senėwėen ®

Pesquisadora da Cultura Celta e do Druidismo
Consultoria Holística e Mentoria Oracular

"As três velas que iluminam a escuridão: a Verdade, a Natureza e o Conhecimento." Tríade irlandesa.